Página Inicial Mapa do Site Contato Procura no site:
Adocon Alerta
Artigos
Associe-se
Campanhas
Contato
Dicas
Diretoria
Histórico
Legislação
Links
Parcerias
Produtos
Projetos
Pesquisas
Festas da Adocon
Culinária

Serviço - Bebida Láctea - Parece iogurte, mas não é!

A bebida láctea fermentada tem cara de iogurte, embalagem de iogurte, mas não é iogurte. Do peso ao valor nutricional, existem grandes diferenças entre os dois produtos.

Seguindo a mesma linha das bebidas lácteas (Consumidor S.A., no 72, pág. 28), acaba de ser lançado no mercado pela Paulista (divisão da Danone Ltda.) uma bebida láctea fermentada com polpa de frutas batizada com o nome Fruty.

A exemplo daquelas bebidas acondicionadas em embalagens tipo Longa Vida®, e que podem induzir o consumidor a erro por serem muito parecido com leite UHT, esse novo produto também é apresentado numa embalagem bastante semelhante ao seu similar, isto é, o iogurte com polpa de frutas da mesma marca. Contudo, as semelhanças restringem-se às embalagens, sobrando uma série de diferenças de difícil percepção ao consumidor menos atento, mas de grande importância econômica e nutricional.


As diferenças começam pelo peso líquido, de 600 g (seis unidades de 100 g) para a bebida láctea contra 720 g (seis unidades de 120 g) do iogurte. Já com relação aos ingredientes, os produtos seriam idênticos não fosse um pequeno detalhe: a bebida láctea possui mais amido de milho que o iogurte. Isso é explicado pelo fato de a bebida ser mais diluída pelo uso de uma porcentagem maior de soro de leite do que o iogurte.

Para melhorar a consistência da bebida láctea, tornando-a mais densa e parecida com o iogurte, usa-se o amido de milho como agente espessante. Essa situação é facilmente percebida pela inversão da ordem de aparecimento do leite em pó e do amido de milho no rótulo de ambos os produtos.


Na bebida láctea, o amido é informado antes do leite em pó por ser empregado em maior quantidade. Essa ordem decrescente, obrigatória para alimentos embalados, é imposta pela Portaria do Ministério da Agricultura no 371, de 4 de setembro de 1997 (item 6.2.2, alínea “a”). Já no iogurte, acontece o inverso, indicando que o produto contém mais leite em pó do que amido de milho.

Outra diferença importante é a própria designação do produto, e esta deve ser a primeira informação a ser lida na rotulagem na hora da compra, pois características como embalagens, ilustrações e nome comercial não são parâmetros que devem ser considerados pelo consumidor. Assim, o que vale mesmo é a designação do produto, isto é, sua real natureza.

No caso dos produtos em questão, a bebida Láctea é designada como Bebida Láctea Fermentada com Polpa de Fruta, pois não pode ser considerada iogurte. Já o iogurte recebe a designação Iogurte com Polpa de Frutas, pois suas características o classificam como tal, segundo a legislação vigente. No Fruty, a designação aparece em letras pequenas, o que pode confundir o consumidor.

Finalmente, a diferença mais clara entre os dois produtos aqui descritos diz respeito às informações nutricionais. Veja no quadro ao lado as diferenças nutricionais entre os dois produtos. (fonte:  Idec-Consumidor S.A).  Assine já  !www.idec.org.br

Reneuza Marinho Borba
presidenta da Adocon

Voltar
Desenvolvimento Viamidia Tecnologia
ADOCON-TB  -  (48) 622-1605  -  Tubarão - SC  
adocontb@matrix.com.br